Alunos Autores – São Paulo

São Paulo, uma selva de concreto onde você luta para sobreviver
Vive para outros que falam o que tem que fazer
O dinheiro que recebe não dá para nada
A televisão e a mídia nos transformam em uma pessoa alienada

São Paulo, a selva de concreto que transborda pobreza
Suas ruas sujas não se comparam às casas da nobreza
Líderes e burgueses promovem uma utopia
Uma utopia distópica, que engana como magia

Os carros exalam fumaça e poluição
Que revelam a tristeza de quem não tem coração
O cheiro de nicotina contribui com o aroma fétido do ar
As árvores e plantas estão começando a tombar

Mas mesmo com a tristeza, desigualdade e poluição
Você vai ter sempre a esperança, alguém para te dar a mão
Uma cidade que começou, pequena e singela
Agora cresceu, e é uma metrópole bela

Por fim eu digo, tudo tem uma esperança
E nesse caso a esperança está na mão de uma criança
A criança que todos nós temos que educar
Porque o futuro estão nas mãos de quem ainda irá chegar

 

Poema de autoria de João Antonio Martins – Aluno do 8º Ano do HWR.

Anúncios

Seu comentário é importante!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s