Alunos Autores 2

Preconceito na escola

Preconceito vem de pré + conceito, sentimento ou atitude discriminatória em relação a pessoas, ideias, etc. O preconceito, nas escolas, é muito frequente, existem várias formas de preconceito: racismo, homofobia, misoginia, femismo, xenofobia. Muitas vezes, esse preconceito é transformado em bullying/ ciberbullying.
Apesar da escola ser um espaço de convivência e educação, existem pessoas que têm preconceito, pois não foram educadas para entender as diferenças e conviver com pessoas diferentes. Os preconceituosos só enxergam a parte de fora do indivíduo, não o conhecem como ele é por dentro, se sentem autorizados a zombar e sacanear uma pessoa que não é igual a eles.
Com esses comportamentos, machucam a outra pessoa por dentro, pois julgam sem conhecê-la de verdade. Isso pode causar mal-estar, depressão e até suicídio, por isso é muito grave.
Se você vir uma pessoa fazendo bullying na escola, não fique parado, não seja cúmplice, converse com um adulto. Afinal, podemos acabar com o preconceito na escola praticando a cultura de paz e formando regras de convivência e respeito às diferenças.

Texto de autoria de Tomás Vitale Comaru, aluno do 6º ano do Colégio HWR.

Anúncios