Dia de Sarau no HWR – O Encanto pela Palavra

IMG_3057A produção artística está a todo vapor no colégio HWR. Esta semana, precisamente no dia 21 de março, os alunos do 1º ao 9º ano aproveitam as comemorações do dia da poesia para apresentar um espetáculo de músicas, dublagens, teatro e declamação de poemas. As professoras Patrícia, de Português,  Isabel de Espanhol e a coordenadora Thais, acompanham as turmas na preparação das apresentações deste dia. Todo mundo ensaiando com dedicação pra fazer bonito. Entre os autores que serão homenageados estão: Carlos Drummond de Andrade, Ataulfo Alves, Pablo Neruda, Sônia Junqueira e Altemar Dutra. Dos clássicos da literatura aos versos de autoria, o Sarau 2018 promete expressar a vida de uma forma graciosa e poética. Todos os alunos vão poder assistir ao evento, que tem uma apresentação pela manhã e outra à tarde. Os pais dos alunos dos 5ºs e 6ºs anos, também estarão na plateia como convidados especiais. Além disso vai ter, ainda, a apresentação do Grupo Musical Shalom formado por alunos do HWR, que segue reforçando a importância da arte em seu processo pedagógico e dando aos alunos o lugar de protagonistas talentosos que é deles.

Anúncios

Uma Heroína Chamada Letra

melhores 72-33Quando as crianças começam a dar os primeiros passos na alfabetização, as professoras Stephanie e Vanessa do Colégio HWR garantem que o processo seja temperado com muita emoção e aventura. Isto faz com que os pequenos não apenas aprendam mas criem uma relação afetiva positiva com o ato de ler. Dentro da proposta pedagógica da escola, nesta fase do aprendizado, é fundamental que as letras ganhem vida no universo da criança. Então, as professoras, contaram para os alunos a história de umas letras especiais que têm superpoderes. Sim, elas são letras superpoderosas porque são fundamentais na construção das palavras. Elas são as letras vogais. Sem a ajuda destas 5 heroínas a alfabetização correria um enorme risco de fracassar. Para reforçar os superpoderes das vogais, Vanessa recorreu ao teatro de fantoches e Stephanie fez até uma música no violão para cantar com as crianças. Cada criança pintou uma letra superpoderosa na mão e quando a letra de um encontrava a letra do outro uma explosão de sons acontecia. Assim o letramento e a alfabetização vão acontecendo com muito carinho e segurança, protegidos pelos superpoderes da criatividade de quem gosta de ensinar.