De volta: motivado e feliz

muriloA mãe do Murilo, Adriana, conhece muito bem o Henri Wallon|Recrearte. Nesta escola chegou a ser Assistente de Coordenação Pedagógica no passado. Uma das razões que fazem seu rosto brilhar, ao falar deste tempo na sua vida, sem dúvida, é o perfil da escola muito ligado a projetos lúdicos. Adriana desenvolveu muitos deles no seu tempo. O Murilo, pode-se dizer, começou a frequentar o Henri Wallon, em 2003, dentro da barriga da mãe. Infelizmente, quando nasceu, na escola não havia berçário. Adriana morava em Santana e foi lá que o garoto frequentou a primeira escolinha até os dois anos de idade. Em 2005, ela deixou o Henri Wallon|Recrearte para trabalhar com a formação de professores na Secretaria Municipal de Educação de São Paulo. Nessa época, a família já estava morando na Aclimação e foi possível colocar o Murilo, que tinha dois anos, no ensino infantil da Recrearte. Discreto e sensível, ele passou bem pelo período de adaptação e começou uma jornada de muitas alegrias e fortes relacionamentos que terminaria no 5º ano. Foi ele quem manifestou a vontade de conhecer um novo colégio e Adriana achou bom que o filho estivesse disposto a deixar sua zona de conforto. Ela tomou o cuidado de analisar, objetivamente, os currículos de outras escolas e decidiu levar o filho para o Nossa Senhora da Glória, instituição onde o irmão mais velho, Danilo, havia estudado da primeira à quarta série. Os demais anos do Fundamental II, Danilo também havia concluído no Henri Wallon, colando grau no nono ano, em 2003. A primeira coisa que incomodou Adriana foi perceber que na nova realidade escolar do filho havia menos participação, menos diálogo e menos decisões conjuntas. Murilo também precisou lidar com situações difíceis e complexas no cotidiano escolar, o que, por um lado, trouxe para ele mais maturidade, mas também insatisfação. Então, ele começou a pedir para voltar para o Henri Wallon|Recrearte. Lá, seguia intacto o vínculo forte com os amigos. Adriana colocou algumas qualidades do HW na balança como as aulas diferenciadas, a forte participação do grupo, acompanhamento das aprendizagens, o respeito aos processos e decidiu: ele deveria mesmo voltar. Hoje, a caminho dos treze anos, Murilo está integrado e feliz num espaço que combina mais com ele. Adriana sabe que a experiência fora do Henri Wallon foi proveitosa para mostrar ao filho novas possibilidades e que, certamente, ele está mais feliz. Seu retorno ao Henri Wallon lhe trouxe novas possibilidades para aprender melhor os conteúdos e projetos do 8º ano. Ele foi acolhido, com entusiasmo, pelos amigos e por todos do colégio.

Murilo é aluno do 8º ano do Colégio Henri Wallon|Recrearte, filho da Adriana, do Marcelo e irmão do Danilo, da Marina, da Thais e da Juliana e tio do Luisinho e da Laura.