35 anos de histórias – Menino em Transformação

caioPois é, este é um cara que vai à luta pelo que quer e acabou de apresentar seu TCC. Foi aprovado e já entrou na Faculdade de Educação Física, um esportista nato. Ele entrou no Henri Wallon | Recrearte, no ano 2000, com apenas dois aninhos de idade, usava fraldas ainda. A gente lembra muito bem como foi difícil fazer o Caio largar a chupeta. Tímido que só ele, decidido a não participar, de jeito nenhum, daquela tal Festa Junina. O pai, Marcelo, veio contar pra gente da transformação do Caio. Aos pouquinhos, cercado pelo carinho dos professores e de todo o pessoal da escola, o garoto foi mudando. Nos últimos anos no Henri Wallon, nas festas juninas, era o líder da farra: seguro de si e amparado pelos valores fundamentais que aprendeu nas aulas, junto com o conteúdo pedagógico. No dia 12 de novembro de 2015, o pai coruja foi assistir a apresentação do TCC do Caio na Fecap. Vamos colocar, aqui, as palavras que ele nos enviou e que nos encheram de orgulho e confiança nos caminhos que a escola escolheu: “Os valores que foram muito bem passados a ele, hoje ficaram evidentes, estavam transbordando naqueles quarenta minutos de apresentação. Além do meu orgulho de ver meu filhão preparado para ir à luta, vocês não saíram do meu pensamento, porque tudo começou com vocês… Sou muito grato por vocês fazerem parte da vida e da história dele. Muito obrigado do fundo do meu coração.”

Marcelo Aranha – pai do Caio